segunda-feira, 12 de maio de 2008

Programa Nacional de Estímulo à Parceria entre a Produção Independente e a Televisão

Em ação inédita para promover parcerias entre emissoras e programadoras de televisão e a produção independente de cinema, televisão e novas mídias, o Ministério da Cultura institui, a partir desta quarta-feira, 6 de maio, o Programa Nacional de Estímulo à Parceria entre a Produção Independente e a Televisão.
.
Entre as ações previstas para "ampliar a presença da produção independente" em televisões abertas e pagas, públicas e privadas, e apoiar o desenvolvimento da indústria audiovisual, estão a articulação com as emissoras e programadoras privadas e públicas e a produção independente, o desenvolvimento de novos modelos de negócio para a produção de obras audiovisuais brasileiras direcionadas aos mercados nacional e internacional de televisão, a implantação de programas regionais de capacitação técnica, investimentos em estudos e a formatação dos instrumentos necessários à concretização dos objetivos do Programa, entre outros.
.
"O Programa cria bases para que o desenvolvimento da relação do poder público com as TVs públicas e privadas seja realizado de forma estruturada, estimulando a parceria entre a televisão brasileira e a produção independente", avalia o secretário do Audiovisual, Silvio Da-Rin.
.
Para o diretor presidente da Agência Nacional de Cinema (Ancine), Manoel Rangel, o novo programa é "um passo a mais no estreitamento das relações entre a TV brasileira e a produção independente". Segundo Rangel, " a Ancine se empenhará junto às televisões e às programadoras, no sentido de que lancem mão dos mecanismos que o governo brasileiro disponibiliza, como os artigos 3A e 1A [da Lei do Audiovisual ] e o artigo 39 [da MP 2228/01]. O objetivo é que o mercado para produção independente seja ampliado", disse, referindo-se aos mecanismos de incentivo fiscal que apóiam a produção audiovisual.
.
A Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura e a Agência Nacional de Cinema serão responsáveis pela estruturação do Programa, que autoriza o MinC a firmar convênios com emissoras e programadoras de televisão e com outros órgãos da administração pública.
.
.
FONTE Comunicação SAv/MInC Priscila D. Carvalho 61. 3316 2088

2 comentários:

  1. Adorei seu post!

    Pessoal, essa eu tenho que recomendar, dois sites interessantíssimos: www.meus3desejos.com.br e www.videoflix.com.br.

    Abs.

    ResponderExcluir
  2. WWW.TELEVISAOEMDEBATE.BLOGSPOT.COM

    ResponderExcluir